PAÇOS DE FERREIRA NA DÉCADA DE 1950

PAÇOS DE FERREIRA NA DÉCADA DE 1950
O dia cinco de Abril de 1950 marcou o despertar oficial do F. C. Paços de Ferreira. Nasceu com a designação de Vasco da Gama, prenúncio das grandes epopeias e aventuras desportivas para o qual estava fadado. E os marinheiros da nau pacense souberam desde o iní­cio da epopeia mostrar-se briosos timoneiros do emblema que transportavam ao peito. Após vários anos a jogar à bola, os dirigentes da secão de futebol do Agrupamento de Escuteiros entenderam que era tempo de o levarem mais a sério. Os primeiros passos foram dados com a filiação do clube na Associação de Futebol do Porto e a construção do campo da Cavada. Seguiu-se a inscrição no Campeonato Regional de 1950/51. A estreia ocorreu a 19 de Novembro de 1950, com um triunfo no campo do Tapada (Lousada). Estava concretizado o sonho dos jovens pacenses e dos adeptos desejosos de terem um grande clube no concelho de Paços de Ferreira.
O primeiro herói da equipa foi Agostinho Alves, que marcou o golo da vitória (2-1) em Lousada. Era o tempo do amadorismo sacrificado, da paixão pela bola, da rivalidade entre as terras. O jovem «Vasco da Gama» esteve intimamente ligado ao Boavista F. C., que lhe cedeu os primeiros reforços "de fora" e mais tarde o ajudou com a oferta do equipamento alternativo. Aliás, desde início que o Campo da Cavada recebeu os «grandes» Boavista e F. C. Porto em encontros particulares, o que atesta das boas relações e respeito que o jovem clube granjeou na região.
Ultrapassada a fase da inexperiância, bem cedo os vascaínos começaram a cometer as suas proezas desportivas. A primeira em Janeiro de 1953, com o «Vasco» a alcançar uma espectacular vitória no campo do poderoso Amarante. Nessa mesma época, a vitória final sobre o Penafiel (2-1) garantiu o título de série da III Divisão Regional. Um prémio saboroso, mas que não chegou para a subida de divisão na fase final.
O momento alto da década de 50 ocorreu a 10 de Julho de 1957, quando após uma maratona de seis horas e meia de futebol - frente ao Sp. Cruz - os pacenses alcançaram a subida à II Divisão Regional.

Gostou? Compartilhe:

0 comentários:

Posts Relacionados

CityGlobe