PARQUE NACIONAL DO IONA / NAMIBE


PARQUE NACIONAL DOIONA / NAMIBE
. Estabelecido como Parque Nacional de caça em 2-10-1937
. Passou a designar-se Parque Nacional em 26-12-1964
. Área: 15150 Km2.
. Limites Geográficos:
15 44’ a 17 16’ de Latitude Sul
11 44’ a 13 14’ de Longitude Este.

Limites Naturais:
. Norte: Rio Curoca.
. Sul: Rio Cunene.
. Oeste: Rio Cunene e Curoca.
. Leste: Rio dos elefantes.

Fauna de especial importãncia: Zebra da montanha, guelenge.

Localização: Angola, província do Namibe

Estabelecido inicialmente como Parque Nacional de Caça, em 2.10.1937, passou a designar-se Parque Nacional do Iona em 26.12.1964.

Área: com 15.150 Km2, é o maior dos Parques Nacionais de Angola.

Limites Geográficos:
15 44’ a 17 16’ Latitude Sul
11 44’ a 13 14’ Longitude Este

Limites Naturais:
N: Rio Curoca.
S: Rio Cunene.
E: Rio dos Elefantes.
W: Linha da costa entre os rios Curoca e Cunene.

Caracterização:

A altitude do parque varia entre o nível do mar, junto à costa, e os 800m nos montes Tchamalinde, no Posto do Iona.
Na zona costeira predominam as dunas activas, com alguma flora herbácea e arbustiva; a zona central é dominada pela planície aberta, com vegetação característica da anhara, herbáceas vivazes, xerófitas e savana de arbustos rasteiros; nos substratos de cascalho solto e fino do deserto do Namibe encontra a Welwitschia mirabilis o seu habitat natural.
A temperatura oscila entre os 20 e os 30º C. com grandes variações térmicas.
A pluviosidade média anual varia entre os 100 e os 500mm, aumentando da costa para o interior e atingindo o seu máximo na fronteira oriental. Possui trinta e uma fontes naturais, oito das quais fornecem água permanente.
O parque alberga mais de uma centena e meia de espécies de aves. As baías costeiras, bem como os rios Curoca e Cunene, favorecem a existência de uma avifauna aquática muito rica: mais de meia centena de espécies existentes representam cerca de 40% da totalidade das espécies aquáticas do país.
O Parque Nacional do Iona é de grande importância conservacionista estratégica: o seu território, juntamente com o Parque da Costa dos Esqueletos e o Parque Nacional Namib-Naukluft, na Namíbia, constituem um bloco contínuo de 1.200 km de costa atlântica. A sua importância torna-se ainda mais evidente se lhe adicionarmos a área da Reserva Parcial do Namibe.
A caça desregrada praticada pelas populações famintas, mas também por oportunistas caçadores de troféus, consentida pela situação de guerra civil prolongada a que o país esteve submetido, provocou graves danos ao Parque, alguns deles irreparáveis. Não existem dados concretos actualizados sobre a biodiversidade e o estado de conservação, nomeadamente no que se refere ao rinoceronte-preto, havendo rumores de que este mamífero tenha sido dizimado, bem como outra fauna do parque.


Fauna e Flora características *
[ » Legendas ]

FLORA
Acácia, espinheiro(a), mungonde: Acacia etebaica; Acacia robynsiana – LR; Faidherbia albida syn. Acacia albida [ 1 2 3 ] Capim-maçaroca, Aristida spp. – NL Casuarina, Casuarina spp. - i – NL Capim-dos-bosquímanos, Stipagrostis spp. – NL Cedro-salgado, Tamarix spp. - NL Imbondeiro, ~bondo, Adansonia digitata – NL Mirra, Commiphora spp. – NL Mopane, [ 1 2 ] Colophospermum mopane - NL Muriangombe, árvore-de-contas, [ 1 2 ] Maerua angolensis = Moerua a. syn. Maerua arenicola - NL Welwitschia, tombwa (tumboa), Welwitschia mirabilis - NL - CITES II

FAUNA

Aves

Abetarda-de-ludwig, Neotis ludwigii - R - LC - CITES II Abetarda-de-rüppell, Eupodotis rueppellii - R - LC - CITES II Abutre-de-cabeça-branca, Trigonoceps occipitalis syn. Aegypius o. - R – LC - CITES II Abutre-real, Torgos tracheliotus syn. Aegypius t. - R - VU - CITES II Águia-fulva, Aquila rapax - P - LC - CITES II Águia-marcial, Polemaetus bellicosus - P - LC - CITES II Águia-preta, Aquila verreauxii - P - LC - CITES II Alcaravão-do-cabo, Burhinus capensis - P - LC Alcatraz-do-cabo, Morus capensis syn. Sula c. - nN - VU Alcatraz-pardo, Sula leucogaster - P - LC Alfaneque, Falco biarmicus - P - LC - CITES II Andorinha-de-angola, Hirundo angolensis - Ep Pr - LC Andorinhão-de-bradfield, Apus bradfieldi - R - LC Andorinhão-das-barreiras, Apus horus toulsoni - N - LC Avestruz, [ 1 2 ] Struthio camelus - R - LC - CITES ( I ) Bicos-de-lacre: Bico-de-lacre-cinzento-de-angola, Estrilda thomensis - E - NT, Bico-de-lacre-comum, Estrilda astrild angolensis - E - NT - CITES ( III ) Calau-de-monteiro, Tockus monteiri - R - LC Capota, Numida meleagris - R - LC Cegonha-preta, Ciconia nigra - P - LC - CITES II Chasco-dos-hereros, Namibornis herero - E - LC Chasco-do-karoo, Cercomela schlegelii - R - LC Chasco-pálido, Cercomela tractrac - R - LC Corredor-de-burchell, Cursorius rufus - P - LC Corredor-de-duas-golas, Rhinoptilus africanus syn. Cursorius a., Smutsornis a. - P - LC Corredor-de-temminck, Cursorius temminckii - R - LC Coruja-do-capim, Tyto capensis syn. T. longimembris - R - LC - CITES II Coruja-das-torres, Tyto alba - P - LC Corvo-do-cabo, Corvus capensis - P - LC Corvo-comum, Corvus corax - R - LC Corvo-malhado, Corvus albus - P - LC Corvo-marinho-africano, Phalacrocorax africanus - R - LC Corvo-marinho-dos-baixios, Phalacrocorax neglectus - P – EN Corvo-marinho-do-cabo, Phalacrocorax capensis - P - NT Corvo-marinho-coroado, Phalacrocorax coronatus - P - NT Corvo-marinho-de-faces-brancas, Phalacrocorax carbo syn. P. lucidus - R - LC Cotovia-das-dunas, Certhilauda erythrochlamys syn. Calendulauda e., Certhilauda (Calendulauda) barlowi - R - LC Cotovia-da-namíbia, Ammomanes grayi syn. Ammomanopsis g. - R - LC Cotovia-de-stark, Eremalauda starki syn. Spizocorys s. - R - LC Estorninho-de-asa-pálida, Onychognathus nabouroup - P - LC Felosa-barrada, Camaroptera fasciolata syn. Calamonastes fasciolatus - R - LC Flamingo-comum, Phoenicopterus ruber syn. P. roseus, Phoeniconaias r., Phoenicoparrus r. - N - LC - CITES II Flamingo-pequeno, Phoenicopterus minor syn. Phoeniconaias m., Phoenicoparrus m. - R - NT - CITES II Francolim-de-hartlaub, Francolinus hartlaubi syn. Pternistis h. - R - LC Fragata-de-ascensão, Fregata aquila - P - VU Fuinha-do-deserto, Cisticola aridulus - P - LC Gaivina-árctica, Sterna paradisaea - M - LC Gaivina-de-asa-branca, Chlidonias leucopterus - P - LC Gaivina-de-bico-amarelo, Sterna bergii syn. Thalasseus b. - M - LC Gaivina-de-bico-preto, Sterna nilotica syn. Gelochelidon n. - nN - LC Gaivina-de-bico-vermelho, Sterna caspia syn. Hydroprogne c. - M - LC Gaivina-comum, Sterna hirundo - nN - LC Gaivina-da-damaralândia, Sterna balaenarum - N - NT Gaivina-de-faces-pretas, Chlidonias hybrida - M - LC Gaivina-de-kerguelen, Sterna virgata - M - NT Gaivina-pequena, Sterna albifrons - M - LC Gaivina-preta, Chlidonias niger - M - LC Gaivota-de-asa-escura, Larus fuscus - M - LC Gaivota-de-cabeça-cinzenta, Larus cirrocephalus - P - LC Gaivota-dominicana, Larus dominicanus syn. L. vetula - M - LC Gaivota-de-hartlaub, Larus hartlaubii - P - LC Gaivota-pequena, Larus minutus - M - LC Gaivota-de-sabine, Larus sabini, syn. Xema s. - M - LC Garajau-comum, Sterna sandvicensis syn. Thalasseus s. - M - LC Garajau-real, Sterna maxima syn. Thalasseus maximus - P - LC Grifo-de-dorso-branco, Gyps africanus - P - LC - CITES II Guincho, Larus ridibundus - M - LC Inseparáveis-de-angola, Agapornis roseicollis catumbella syn. Psittacula r. - Ep Pr - LC Jabiru-africano, Ephippiorhynchus senegalensis syn. Mycteria s. - P - LC - CITES ( III) Marabu-africano, Leptoptilos crumeniferus - P - LC - CITES ( III ) Marreca-de-bico-vermelho, Anas erythrorhyncha - P - LC Marreco-do-cabo, Anas capensis - P - LC - CITES ( III ) Melro-das-rochas-de-dedos-curtos, Monticola brevipes syn. M. pretoriae - P - LC Mergulhão-serpente, Anhinga rufa - R - LC Mocho-barrado, Glaucidium capense - P - LC - CITES II Noitibó-do-natal, Caprimulgus natalensis syn. C. ngamiense, C. scheffleri - P - LC Ostraceiro-preto-africano, Haematopus moquini - P - NT Papagaio-de-rüppell, Poicephalus rueppellii - R - LC - CITES II Pato-de-bico-amarelo, Anas undulata - nN - LC Pato-de-crista, Sarkidiornis melanotos - P - LC - CITES II Pato-preto-africano, Anas sparsa - nN - LC Pelicano-branco, Pelecanus onocrotalus - P - LC Pelicano-cinzento, Pelecanus rufescens - P - LC Peneireiro-de-olho-branco, Falco rupicoloides - P - LC - CITES II Peneireiro-das-torres, Falco naumanni - M - VU - CITES II Picanço-palrador, Lanioturdus torquatus - P - LC Pinguim-do-cabo, Spheniscus demersus - nN - VU - CITES II Rabijunco-de-bico-amarelo, Phaethon lepturus - R - LC Rola-do-cabo, Streptopelia capicola - P - LC Rola-rabilonga, Oena capensis - P - LC - CITES ( III ) Rouxinol-do-mato-do-kalahari, Erythropygia paena syn. Cercotrichas p. - R - LC Salta-pedras, Achaetops pycnopygius syn. Chaetops p. - R - LC Sarro-africano, Netta erythrophthalma - P - LC Secretário, Sagittarius serpentarius - P - LC Tartaranhão-pálido, Circus macrourus - P - NT - CITES II Zaragateiro-de-faces-nuas, Turdoides gymnogenys - R - LC.

Mamíferos
Bambis:** Bambi-comum, Sylvicapra grimmia– LR/lc´, Bambi-de-fronte-negra, Cephalophus Nigrifrons – LR/nt Cabra-de-leque, Antidorcas marsupialis angolensis - LR/cd Caxine, Madoqua kirkii - LR/lc Chacal-listrado, Canis adustus - LC Chacal-de-dorso-negro, Canis mesomelas - LC Chita, Acinonyx jubatus - VU - CITES I Conca, Oreotragus oreotragus - LR/cd Dromedário, Camelus dromedarius - i Elefante-africano, Loxodonta africana - VU - CITES I Gineta-angolana, Fimba, Genetta angolensis- LR/lc Guelengue, Oryx gazella blainei - LR/cd Gulungo, Tragelaphus scriptus - LR/lc Gunga, Taurotragus oryx syn. Tragelaphus o. - LR/cd Hiena-listada, Hyaena brunnea syn. Hyaena hyaena - LR/nt Hiena-malhada, Hyaena crocuta syn. Crocuta c. - LR/cd Impala, Aepyceros melampus - LR/cd Javali-africano, Phacochoerus africanus - LR/lc Leão, Panthera leo - VU - CITES II Leopardo, Panthera pardus - LC - CITES I Lince-do-deserto, Caracal caracal syn. Lynx c. - LC - CITES II Mabeco, Lycaon pictus - EN Pacassa, Syncerus caffer - LR/cd Rinoceronte-preto, Diceros bicornis - CR - CITES I Suricata, Suricata suricatta - LR/lc Olongo, Tragelaphus strepsiceros - LR/cd Pangolim-do-cabo, Manis temminckii - LR/nt - CITES II Punja, Raphicerus campestris - LR/lc Quaga***, Equus quagga - EX Raposa-do-cabo, Vulpes chama - LC Sexa, Cephalophus monticola - LR/lc - CITES II Urso-formigueiro, Orycteropus afer - LC Zebra-da-montanha, Equus zebra hartmannae - EN - CITES II Zebra-da-planície, Equus burchelli antiquorum - LC

* Nesta lista não está contemplada a fauna marinha, uma vez que as águas oceânicas não estão incluídas no Parque. Por outro lado aparecem aqui várias espécies de aves que pouco são vistas em terra, uma vez que permanecem no mar alto a maior parte da sua vida. Servem-se da costa para poiso e nidificação (algumas, visto que outras nidificam fora da região) pelo que são inseridas na listagem.

** Não confundir com o bambi de Walt Disney, na verdade uma cria de veado-da-virgínia, Odocoileus virginianus.

*** O burro-do-mato, nome que a população local dava à quaga, foi considerado como extinto em 1896. No entanto há quem garanta, localmente, que era ainda visto nas margens do Cunene para além de meados do século passado.