MOÇAMBIQUE - GEOGRAFIA,HISTÓRIA, CULTURA E POLÍTICA

Fortaleza de Nossa Senhora da Conceição

Hino Nacional

Na memória da África e do Mundo
Pátria bela dos que ousaram lutar
Moçambique o teu nome é liberdade
O sol de Junho para sempre brilhará brilhará

Moçambique nossa terra gloriosa
pedra a pedra construindo o novo dia
milhões de braços, uma só força
ó pátria amada vamos vencer

Povo unido do rovuma ao Maputo
colhe os frutos do combate pela Paz
cresce o sonho ondolado na bandeira
e vai lavrando na certeza do amanhã

Moçambique nossa terra gloriosa
pedra a pedra construindo o novo dia
milhões de braços, uma só força
ó pátria amada vamos vencer

Flores brotando do chão do teu suor
pelos montes, pelos rios, pelo mar
nós juramos por ti, ó Moçambique:
nenhum tirano nos irá escravizar

Moçambique nossa terra gloriosa
pedra a pedra construindo o novo dia
milhões de braços, uma só força
ó pátria amada vamos vencer

Constituição da República de Moçambique

Capital de Moçambique: Maputo

Províncias: Cabo Delgado, Niassa, Nampula, Tete, Zambezia, Manica, Sofala, Inhambane, Gaza e Maputo

Localização: A República de Moçambique está situada na costa Sul-Oriental da África, tendo a fronteira terrestre uma extensão de 4.330 Km. A norte situa-se a Tanzânia, a noroeste faz fronteira com o Malawi e com a Zâmbia, a oeste com o Zimbabué e República da África do Sul e a sul com a Suazilândia. A leste, é banhado pelo Oceano Índico, tendo uma extensão de costa de 2.515 km. Ver Mapa de Moçambique.

A superfície total é de 799.380 quilómetros quadrados.

Relevo, vegetação e hidrografia: O território é, em cerca de 44%, constituído por planícies, sobretudo a sul.

Mais para norte e interior, surgem os planaltos. As zonas montanhosas constituem 13% do país, sendo o monte Binga o ponto mais elevado, com 2.436 m.

A rede hidrográfica compreende mais de 60 rios, de que se destacam o Zambeze, o Limpopo, o Rovuma, o Lúrio, o Incomati, entre outros.

Clima: O clima é influenciado pelo regime de monções do Índico e pela corrente quente do canal de Moçambique. Apresenta características de temperado nas regiões montanhosas e de tropical nas restantes zonas - chuvoso no norte e centro e mais seco na metade neridional. A temperatura e a humidade diminuem de norte para sul, distinguindo-se duas estações: a das chuvas, de Novembro a Março, e a seca, mais acentuada de Abril a Setembro.

População: 17.242.240 habitantes em 2000, segundo o INE (16.985.200 habitantes em 1999). Estima-se ainda que 52% sejam mulheres e 48% homens. Por faixas etárias, a distribuição calcula-se a seguinte: Dos 0 aos 14 anos: 45%; Dos 15 aos 64 anos: 52%; Mais de 65 anos: 3%.

Línguas: Português (língua oficial), Emakhuwa, Xitsonga, Ciyao, Cisena, Cishona, Echuwabo, Cinyanja, Xironga, Shimaconde, Cinyungue, Cicopi, Bitonga e Kiswahili. Inglês (ensinado na Escola Secundária)

Grupos Etno-linguísticos: Existem minorias de origem asiática e europeia, mas a maioria é de origem Bantu, com diversos grupos étnicos e diferentes idiomas.

Religião: Tradicional africana, Cristã (Católica e Protestante), Islâmica, Hindú

Moeda: Metical (MT).

História: No século XV mercadores árabes fundaram colónias comerciais em Sofala, Quelimane, Angoche e na ilha de Moçambique. A Ilha de Moçambique viria a ser visitada pela frota de Vasco de Gama no dia 2 de Março de 1498, vindo os Portugueses a ocupar Sofala em 1506. De início, Moçambique era governada como parte constituinte da Índia portuguesa, tornando-se mais tarde numa administração separada. Foi colónia portuguesa até 1951 e a partir daí província ultramarina.

A FRELIMO - Frente de Libertação de Moçambique constituiu-se em 1962 e lançou uma campanha militar em 1964. Moçambique torna-se país independente no dia 25 de Junho de 1975.

Política:
República de Moçambique.
Forma de Estado: República (Parlamentar)
Constituição: Proclamada com a independência, a 25 de Junho de 1975. Revista em Agosto de 1978 e em Novembro de 1990.

Poder Político: são reconhecidos como órgãos de soberania o Presidente da República, o Conselho de Ministros, os tribunais e o Conselho Constitucional. O Presidente da República é eleito por sufrágio directo, secreto e pessoal para mandatos de cinco anos, podendo ser reeleito apenas duas vezes consecutivas.

Vistos:
Vistos de entrada podem ser tratados antecipadamente, nas missões Diplomáticas de Moçambique no estrangeiro ou directamente junto da Direcção Nacional de Migração.

Vistos de trabalho ou de residência são obrigatoriamente solicitados à Migração. Entretanto, visitantes de Países onde não existe uma Representação Diplomática Moçambicana, podem comprar Vistos na fronteira
Perfil económico:
PIB per capita: US$ 485.9 (2010)
Taxa de crescimento médio anual: 4,2% (2010)

Recursos naturais: Energia hidroeléctrica, gás, carvão, minerais, madeiras, terra agrícola.

Principais produtos importados: bens alimentares, produtos químicos e combustíveis, maquinaria e equipamento de transporte.

Principais produtos exportados: Camarão, algodão, cajú, açucar, chá, copra.

Gostou? Compartilhe:

0 comentários:

Posts Relacionados

CityGlobe