SORRISO - MATO GROSSO: ASPECTOS GERAIS DE SORRISO NO MATO GROSSO

SORRISO
Sorriso está localizado na altitude 314 metros, Latitude: 12º, 32’ e 42,8” e Longitude: 55º, 43’ e 38,9”. Está distante a 412 Km da capital do Estado de Mato Grosso, no Km 742, da rodovia BR 163 (Cuiabá - Santarém).

Localizado no médio norte matogrossense, Sorriso é um grande pólo regional com vias de escoamento de produção facilitadas por quatro vias de exportação:

• BR 163, principal rodovia de escoamento de produção agrícola para o sul do país, e também um importante corredor de exportação que liga Sorriso ao porto de Santarém, no Estado do Pará;

• Através do Chile nos portos de Iquique e Arica, ligando ao mercado asiático;

• Hidrovia Juruema - Teles Pires - Tapajós, ligando ao porto de Santarém;

• Corredor Multi Modal da MT 242 e MT 130, passando pelo Rio Araguaia ligando a Ferrovia Carajás com destino a São Luiz o Maranhão.


Simbologia
A base retangular verde representa a abundancia vegetal do cerrado; o branco do losango simboliza a paz, a coragem e a fraternidade entre os homens de boa vontade, a audácia e a coragem dos pioneiros. O azul do quadrado representa a imensidão azul do horizonte do planalto brasileiro.

A haste de soja no centro do círculo branco representa o produto base da economia, que em conjunto com as hastes de arroz e milho representam os três produtos que se destacam na pujante agricultura do município.

Brasão
O progresso econômico do município, representado pelo amarelo-ouro do contorno do círculo branco, está embasado nos princípios de fé, honra e trabalho, na bandeira impressos. O vermelho da faixa simboliza a luta e a perseverança dos povos que chegaram e construíram Sorriso em pleno cerrado virgem Matogrossense.

A parte inferior do escudo representa a hidrografia abundante do Município. O centro do escudo representa, com um trator e a cabeça de um bovino, a agropecuária como base da economia municipal, assim como as hastes de arroz, sorgo, milho e soja simbolizam os principais produtos agrícolas.

A águia sobre o escudo simboliza a coragem, força e a sabedoria do povo que constrói Sorriso.

Na faixa vermelha, o ano de 1979 representa o início da colonização e o ano de 1986, a emancipação política de Sorriso.

Sorriso faz divisa com os seguintes municípios:

Norte: Sinop
Sul: Lucas do Rio Verde
Leste: Vera e Nova Ubiratã
Oeste: Tapurah

Sorriso é uma das cidades com melhor índice de qualidade de vida do Mato Grosso. Cidade moderna, conta com várias opções de lazer para todos os gostos.

CLUBE DE LAZER COUNTRY
O clube Country possui uma área de 80 mil metros quadrados com três piscinas, sendo duas para adulto e uma para criança, restaurante e lanchonete.

Os mais de dois mil sócios desfrutam de um salão de jogos, um pesque –pague, churrasqueiras, quadras de esportes, campos de futebol, uma pista para Cooper. Para quem chega a cidade o clube tem uma aconchegante pousada dentro do campo para o descanso do visitante.

PRAÇA DA JUVENTUDE
Na área central da cidade, a Praça é um lugar aconchegante e de muito verde. Através de um excelente trabalho desenvolvido pela Prefeitura Municipal através do Departamento de Urbanismo e Paisagismo, a Praça adquiriu um formato moderno, com bastante verde pensando sempre no bem estar da sociedade.

Aos finais de semana a praça é o ponto de encontro de jovens e das famílias do município.

SALTO MAGESSI
A vegetação do município de Sorriso é constituído por cerrado, arbóreo denso (cerradão) florestas abertas (matas ciliares) e 65% da área do município é de campos cerrados. Apesar do cerrado ser considerado por alguns um lugar pouco atraente e vistoso, guarda em seu interior uma considerável riqueza. Dentro deste molde se encontra o Salto Magessi, localizado a 150 Km de Sorriso.

Para preservar está área foi criado a Unidade de conservação do Salto Magessi, no rio Teles Pires.

A unidade de conservação abrange a Cachoeira e áreas adjacentes do Salto Magessi, num limite de cinco mil metros de comprimento ao longo do RioTeles Pires e mil metros de largura na margem direita.

Esta unidade de conservação tem como objetivo:
  • Preservar o ciclo biológico de espécies de fauna e flora nativa da região;
  • O desenvolvimento de estudos e pesquisas;
  • A proteção da beleza cênica do local;
  • O eco turismo como forma de lazer e educação ambiental.

Várias escolas do município de Sorriso realizam atividades de conservação do local, com destaque para a Patrulha Ecológica do Buriti, formada por alunos de 5ª a 8ª séries do Centro de educação Básica São José e representam o município de Sorriso em Campanhas de Conscientização Ambiental.

BIBLIOTECA MULTIMÍDIA TORRE DO SABER
A Biblioteca Pública Multimídia Torre do Saber é a única bibliteca Multimídia do Estado de Mato Grosso e funciona ligado a internet, onde as pessoas são livres para fazer suas pesquisas. O acervo de CDs Rom da Torre do Saber atende toda a comunidade.

No período noturno, a Biblioteca Multimídia é utilizada para atender a projetos de curso de computação para iniciantes e curso avançado, através de uma parceria entre Secretarias Municipais de Educação, Cultura, Desporto e Lazer e Administração, beneficiando os servidores municipais.

Novas parecerias estão sendo feitas com o Ministério das Ciências e Telecomunicações para a aquisição de mais computadores, além de convênios com a Embratel onde o acesso a internet vai ser feito via satélite facilitando o as informações e fontes de pesquisas aos programas do Ministério da Cultura.

ÁREA VERDE
A área verde está localizada na área central da cidade. A área de preservação permanente, fazendo com que as matas nativas sejam preservadas (recomposição de espécies nativas e exóticas).

A área está passando pela revitalização, urbanização e uma constante conscientização junto à sociedade sobre este importante espaço verde. Dentro desta área existe um palco para shows educativos, um mirante de 30 metros de altura, calçadas e trilhas para os pedestres e dois portais de entrada. Faz parte da Área Verde o Horto Municipal Florestal, onde são cultivadas as plantas utilizadas na urbanização na cidade.

HISTÓRIA

A colonização da década de 70 tendo como primeiro morador Otávio de Souza Cruz. Aos poucos, foram chegando outras pessoas, a maioria agricultores do sul do país, atraídas pela oferta de terras e melhores condições de financiamentos da produção.

Nesta época, Sorriso era somente um território desocupado na região norte do Estado. Foi nessa época, que o catarinense Claudino Francio adquiriu um território imenso na região do Mato Grosso. .

Em 1975, Claudino Francio dedicou-se à colonização da cidade. A primeira casa construída pela Construtora Feliz, foi a do irmão do Claudino Francio, em 16 de agosto de 1975.

Já com o nome escolhido para as terras, aliada a um bom clima e uma terra que tudo que planta nasce, constituía um atrativo irresistível aos que passavam pela região.

A abertura da Br 163 garantiu o desenvolvimento da região. A partir deste impulso, lideranças locais conseguiram do governador Frederico Campos, em 26 de dezembro de 1980 a elevação de Sorriso, para Distrito de Nobres (Lei Municipal nº 4728). Foi o primeiro passo para a emancipação do atual município.

Em 13 de maio de 1986, foi sancionada a lei de nº 5002, que elevou Sorriso a categoria de município. Para administrar o município o Sr. Ildo Antonelli, assumiu a administração pública até 31 de dezembro de 1986.

O primeiro prefeito eleito pelo voto direto foi o Sr. Alcino Manfroi (mandato tampão), de 01/01/1987 a 31/12/1988.

No segundo mandato foi eleito José Domingos Fraga Filho, de 01/01/1989 a 31/12/1992.
Em 01/01/1993 a 31/12/1996 assume o prefeito Ignácio Schevinski Neto.

De janeiro de 1997 a dezembro de 2000 assume novamente o prefeito José Domingos Fraga Filho, sendo reeleito em 2001.

“A história de uma cidade é a soma das experiências de vida de cada um dos seus habitantes”.